terça-feira

História dos Aromatizadores

O aromatizador produzido artesanalmente é uma mistura de óleos aromáticos, álcool de cereais e água. A sua utilização tem como finalidade proporcionar uma experiência olfativa agradável, seja para lembrar o cheiro que infância, de chuva, do campo, do orvalho… Sua utilização se dá como forma de lembrancinhas, aromatizadores de ambiente ou perfumes artesanais para casa.


Conheça as origens do aromatizador

As primeiras essências aromáticas surgiram há 2000 a.C.. No Antigo Egito, os aromas eram utilizados pelos nobres e faraós. Eram também utilizados nas cerimônias fúnebres, onde os faraós recebiam banho de óleos aromáticos.

Veja algumas essências indicadas para cada canto do seu lar:

  • Na sala: para despertar a atenção, vá de aromatizador de alecrim. Já para promover o relaxamento, vá de eucalipto. A canela traz aconchego e calor.
  • Na cozinha: utilize aromas cítricos, como os de laranja, tangerina, limão ou capim santo. Ervas como tomilho e manjericão neutralizam odores na cozinha e também são uma boa opção.
  • No quarto: vá de aromas que promovam o relaxamento, como melissa, camomila, lavanda e mandarina. Para deixar o clima mais romântico, boas alternativas são essências de rosas, patchuli, sândalo e ylang ylang.
  • No banheiro: utilize aromatizadores que remetam ao cheiro de limpeza, como capim limão, cidreira, eucalipto, verbena, limão